Nuvem? Módulo Web? App? Entenda o que estes termos significam, e como eles podem facilitar seu dia-a-dia!

Você certamente já se deparou com alguns termos como: armazenamento em nuvem, módulo web ou app, mas em que eles podem ajudar a facilitar o seu controle de ponto.

Armazenamento em Nuvem:

cloudComputingS1.jpg

Também referido como Cloud computing ou apenas Cloud, é basicamente uma tecnologia que mantém dados de softwares armazenados na internet, a vantagem do armazenamento em nuvem é principalmente a segurança, pois seus dados terão sempre back-ups automáticos, evitando assim o risco de por algum problema no computador ou servidor local, a perda da base de dados. Outra vantagem é o fato de os dados ficarem disponíveis para serem acessados de outros lugares, via módulo web ou aplicativos, os populares “apps”.

Módulo Web:

modulo web secullum

Alguns softwares de controle de ponto hoje oferecem módulos web, ou até mesmo são puramente web, significa que você pode acessar o software ou uma versão dele diretamente de um navegador de internet, de qualquer lugar que você estiver. Seja para fazer alterações, conferir as entradas e saídas de funcionários ou até mesmo bater o ponto, os softwares em formato web oferecem muito mais praticidade e são a tendencia para o mercado de softwares de ponto.

App:

483bfc_62b074783acd44f9a6a62a9444133c98_mv2

São os famosos aplicativos para celulares e tablets, tem basicamente as mesmas funções que o modulo web, ou seja, é possivel conferir, ajustar o ponto e fazer marcações. Com a praticidade de estar diponível na sua mão, onde você estiver. Seja para o administrador ou funcionários que façam trabalho externo, uma das grandes sacadas é o ponto por geolocalização, assim é possivel saber que horas seu funcionário marcou o ponto, e de que local ele marcou, muito util para vendedores, representantes, técnicos, etc…

ponto-4-modulo-web-nuvem-2

Agora que você já conhece bem as utilidades dessas novas tecnologias, que tal aproveitar todos estes benefícios, com o Ponto Secullum, software que dispõe de todos estes recursos, e com o suporte e know-how da RELOPONTO. Envie-nos uma solitação de orçamento que entraremos em contato para lhe oferecer o melhor em software e consultoria. Facilitar e modernizar o dia-a-dia de sua empresa é nossa meta!

A História do Relógio de Ponto.

Quem inventou o relógio de ponto?

A origem

13406868_1071493606254397_3553522835613546981_n

O relógio de ponto, foi inventado no ano de 1888 por um joalheiro chamado Willard Le Grand Bundy, morador de Nova York. O objeto fez sucesso e se mostrou muito eficiente, visto que antes da invenção de Bundy – o relógio de ponto – um funcionário era exclusivamente destinado a sentar-se no portão de entrada e anotar o horário de entrada e saída de todos os outros colegas funcionários. O irmão de Willard percebendo a funcionalidade do objeto associou-se a ele, juntos patentearam o invento e fundaram a Bundy Manufacturing Company. Willard continuou a inventar novos modelos de relógio de ponto e a empresa chegou a ter sedes em diversos países diferentes. A empresa seguiu crescendo e após diversas aquisições, em 1924 foi renomeada como “International Business Machines”, hoje em dia mais conhecida como IBM.

Bom para todos

Willard ao inventar o relógio de ponto tinha a visão do empregador, aumentar a produtividade e controlar o horário de trabalho dos funcionários. Mas a novidade acabou sendo boa também para os empregados, pois muitos donos de empresa não respeitavam as leis que estabeleciam a carga horária de trabalho por dia.

A chegada ao Brasil

Na década de 30 durante o governo de Getúlio Vargas foi criado um conjunto de leis trabalhistas (CLT) que passou a regular a jornada de trabalho. A partir desse momento as empresas brasileiras passaram a utilizar o relógio de ponto mêcanico.